domingo, 31 de março de 2013

Breve resumo da vida de Santa Bernadette

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Bernadette Soubirous nasceu em 7 de janeiro de 1844.

No tempo das aparições seu pai, que era dono de um moinho, estava arruinado.

A família morava de graça numa cela abandonada da cadeia da cidade.

"Cachot": ex-cela onde morava a família
Nossa Senhora lhe apareceu em 11 de fevereiro de 1858, quando Bernadette colhia gravetos para esquentar a mísera cela e a mãe cozinhar uma pobre sopa.

Nossa Senhora escolheu-a porque, segundo ela dizia, era a mais ignorante de Lourdes.

Ela era uma boa menina, mas não era santa antes das aparições. Porém, quando começava a visão, ela se transfigurava.

Corpo incorrupto de Santa Bernadette
E ela, simples camponesa, adquiria uma majestade que impressionava todo mundo.

Após as aparições, Santa Bernadette fez-se freira no convento de Saint-Gildard, na cidade de Nevers, onde faleceu em 16 de abril de 1879.

Seu corpo está milagrosamente incorrupto com as articulações flexíveis e pode ser venerado numa bela urna de cristal na capela do convento.

Santa Bernadette, rogai por nós!




Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário. 




domingo, 24 de março de 2013

Lourdes: confirmação do dogma definido pelo Beato Pio IX e prêmio de sua combatividade


Não muito antes da aparição de Nossa Senhora em Lourdes, o bem-aventurado Papa Pio IX proclamou o dogma da Imaculada Conceição.


"Eu sou a Imaculada Conceição": plavras de Nossa Senhora em Lourdes, pronunciadas no dialeto da região de Santa Bernadette


Essa proclamação aconteceu em 8 de dezembro de 1854.

O glorioso Papa visou em primeiro lugar a afirmação de um dogma de grande importância para o progresso da mariologia dentro da Igreja;

domingo, 17 de março de 2013

Como foi a 1ª aparição: à procura de gravetos para suportar o frio

Lourdes, Massabielle em 1858
Uma das primeiras fotos da Gruta.
É de se observar que a imagem atual ainda não havia sido instalada,
e muitas pedras originais ainda não haviam sido removidas
Todavia, naquele 11 de fevereiro a luta pela vida continuou implacável.

O pai, Francisco, deitou-se entre esgotado e deprimido.

O frio em Lourdes corta a pele como uma navalha e não havia lenha na lareira.

Bernadette prontificou-se a colher gravetos num bosque vizinho. Iria junto com umas amigas que também tinham necessidade.

Louise, a mãe, não queria pois a saúde de Bernadette, que padecia de asma, andava fraca.

domingo, 10 de março de 2013

Ultima aparição a Santa Bernadette: na festa de Nossa Senhora do Carmo

Nossa Senhora do Carmo, Sao Joao del Rei, Lourdes
A última vez que Santa Bernadette viu a Nossa Senhora na gruta de Lourdes foi no dia 16 de julho de 1858, festa de Nossa Senhora do Carmo, ou do Monte Carmelo.

Trata-se de mais antiga devoção a Nossa Senhora, pois originou-se no Antigo Testamento.

O profeta Elias viu, simbolizada numa nuvenzinha, a Mãe do Salvador, quando ele estava rezando no Monte Carmelo, Terra Santa, acosado pelas tropas do ímpio Acab, rei prevaricador de Israel.

Por isso, na Missa desta festa, em lugar da Epístola, a Igreja mandava ler o seguinte trecho do Antigo Testamento:

"Eu sou a mãe do amor formoso, e do temor, e do conhecimento, e da santa esperança. Em mim há toda a graça do caminho e da verdade, em mim toda a esperança da vida e da virtude. Passai-vos a mim todos os que me cobiçais, encheivos dos meus frutos; porque o meu espírito é mais doce do que o mel, e a minha herança vence em doçura o mel e o favo" (Ecl 24, 24-27)

Desde então, os discípulos de Santo Elías, foram chamados "os filhos do profeta" cultuaram a Mãe do Messias que iria vir. A Ordem do Carmo é a continuadora deste filão mariano.

domingo, 3 de março de 2013

Lourdes e seus milagres: a prova irrefutável de que Nossa Senhora ouve a todos, até ao mais pecador

Nossa Senhora veio para os inocentes, mas sobretudo para os pecadores
 Alguém poderá dizer:

“Tudo isso é muito bonito, mas eu não mereço que as minhas orações sejam ouvidas por Nossa Senhora de Lourdes... se eu penso que tive pecados na vida passada...

“Emendei-me, quer dizer, mais ou menos... não tenho certeza... terei feito bastante penitência para merecer ser ouvido?

“Se eu olho para mim mesmo penso: ‘como é que posso obter um milagre ou uma graça dessas de Nossa Senhora de Lourdes?’

“Então, para que pedir?”

Primeiro lugar, o milagre é uma obra de misericórdia da bondade divina, obtida para a gente por meio de Nossa Senhora.

Se a gente for ver os milagres obtidos em Lourdes, muitas vezes são para ateus. Nossa Senhora cura o corpo e converte a alma.