domingo, 17 de fevereiro de 2013

Na festa de Santa Bernadette: pedir o admirável equilíbrio mental e a ardente devoção a Nossa Senhora que ela teve

A biografia de Santa Bernadette Soubirous, cuja festa é comemorada hoje, 18 de fevereiro, na França, atesta bem a ardente devoção que ela teve a Nossa Senhora (alhures comemora-se em 16 de abril, data de sua partida ao Céu).

Santa Bernadette não deixou transparecer senão muito pouca coisa de sua devoção a Nossa Senhora.

Ela não procurou fornecer qualquer dado, reflexão, enriquecimento da mariologia, nem algum sistema de devoção novo em relação a Nossa Senhora.

Pelo contrário, via-se que ela era muito devota, mas de tudo quanto dizia sobre Nossa Senhora não resultava nada de muito especial para a devoção à Mãe de Deus.

Nesse sentido, Santa Bernadette teve uma devoção muito parecida com a da irmã Lúcia, vidente de Fátima.

Sua missão foi de revelar ao mundo as aparições de Lourdes. Ela prestigiou essas aparições tornando-se freira na Congregação das Irmãs da Caridade de Nevers e santa canonizada pela Igreja.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Sim! Nós podemos retribuir a Nossa Senhora de Lourdes as graças recebidas. Como? Falando a outros de seus milagres.

  Em Lourdes, Nossa Senhora realiza uma intervenção histórica extraordinária
Em Lourdes, Nossa Senhora realiza uma intervenção histórica extraordinária
A manifestação de Nossa Senhora em Lourdes foi uma das mais fenomenais na longa luta de Nossa Senhora contra a falta de fé, contra impiedade e o indiferentismo, instrumentos concebidos pelo demônio contra Cristo e sua Igreja.

Ocorrida em 1858, essa aparição correspondeu ao auge de uma perseguição e ridicularizações à Fé, que o mundo inteiro já não tinha ou fingia não ter.

A tal ponto, que poucos eram os que professavam claramente a Fé católica, e os que não professavam pediam provas dela.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

A casa natal de Santa Bernadette: muita simplicidade mas nada de vulgaridade

Cama de Santa Bernadette antes da família perder a casa
As fotos mostram quanta dignidade, quanta compostura afável e sóbria pode impregnar um ambiente próprio a gente pobre... de dinheiro, mas rica em alma.

Em primeiro lugar, temos a pobreza de uma família obscura... e imortal: a família de Santa Bernadette Soubirous, a vidente de Lourdes.

A sala serve ao mesmo tempo de dormitório e cozinha.

O grande leito, com seu cortinado, é pobre, mas dá uma impressão de recolhimento, estabilidade e dignidade inegáveis.

Essa impressão se comunica a todo o aposento, acentuada ainda pelas imagens populares, mas piedosas, e pela lareira espaçosa a cujo calor se acercava a família nos serões de inverno.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

O milagre de Théa Angele

Théa Angele




Em Lourdes, os milagres acontecem de modo imprevisível a pessoas de todas as idades e condições.

Mais comumente acontecem por ocasião do uso da água da Gruta denominada "água de Lourdes" — bebendo-a ou banhando-se nela — ou em cerimônias litúrgicas tradicionais, como a bênção do Santíssimo Sacramento aos doentes.

A grande maioria dos milagres reconhecidos ocorreu em Lourdes.

Porém houve curas — também reconhecidas — em outros continentes, de pessoas que recorreram à água da Gruta, ou de alguma gruta local evocativa da gruta de Lourdes.

Caso típico em Lourdes foi o de Théa Angele (foto), jovem alemã atingida por arteriosclerose em placa, que chegou quase moribunda a Lourdes em 17 de maio de 1950.

Veja vídeo
Procissão final: 
canto do Credo
Seu corpo repelia tudo que lhe davam. Ela subsistia com soro endovenoso, pesava 34 quilos, estava inconsciente e quadriplégica. Seu único movimento eram espasmos dos olhos e da mandíbula.

Acreditou-se que morreria em plena viagem. Um sacerdote administrou-lhe a Extrema Unção, achando que ela já era cadáver.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Lourdes no tempo das aparições

Lourdes no tempo das aparições
Fotografia de Lourdes no tempo das aparições

Lourdes no ano de 1858 pouco se assemelhava ao imenso conjunto de hotéis e hospitais hoje construído para receber milhões de peregrinos cada ano.

Lourdes, em verdade, é um quase fim de caminho. A cidade fica ao pé dos Pirineus.

Depois dela, a estrada ascende em vertiginosa escalada até o imponente Cirque de Gavarnie que fecha toda passagem.

O Cirque de Gavarnie é uma majestosa muralha de pedra ornada de neves, altas cachoeiras e lagos. Até ali só se chega caminhando.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Uma janela do Céu: testemunho de um peregrino a Lourdes

Chegando a Lourdes um instinto misterioso conduz o neófito rumo à Gruta.

Os cartazes são inexistentes e desnecessários.

Os guardas são escassos e sem trabalho.

A multidão é ordenada, composta e fervorosa. Tudo é pulcro e bem conservado.

Magotes de peregrinos convergem para o local das aparições.

Veja vídeo
Lourdes: bênção final
da procissão das velas
Uns rezam em grupo ou isoladamente, em voz alta ou baixa; outros cantam.

Ainda outros caminham em atitude recolhida, ou com ávida curiosidade, até o fulcro dessa unção que a tudo envolve maternalmente.

Não há algazarra nem pesado silêncio. Há uma plenitude de vida harmoniosa, impregnada de sobrenatural, que empolga.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

A “água milagrosa” de Lourdes:
significado e efeitos sobrenaturais

A fonte de Lourdes, dentro da Gruta
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




Incontáveis multidões de fiéis vão a Lourdes a venerar à Santíssima Virgem, no local das Suas aparições à Santa Bernadete Soubirous.

E, obedecendo ao pedido da Mãe de Deus, essas multidões de fiéis bebem e lavam-se com a água da gruta das aparições.


Significado da “água milagrosa”

Já no tempo das aparições, a água da fonte de Lourdes foi tida como “milagrosa”.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Nos aproximando da festa de Nossa Senhora de Lourdes: o grande apelo da Mãe de Deus

Apenas Santa Bernadette viu, ouviu e falou com Nossa Senhora.

Mas, as multidões, acorrendo à gruta, vendo-a e imitando-lhe os gestos de piedade, tinham uma certeza inabalável da realidade das aparições.

Por assim dizer, os fiéis “viam” Nossa Senhora em Santa Bernadette, e experimentavam sua influência indizivelmente benéfica ao imitarem seus gestos.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Início da novena de Lourdes: a promessa de sermos ouvidos sempre

Malgrado todas as oposições, a devoção a Nossa Senhora de Lourdes só fez progredir nos últimos séculos.

Hoje é, de longe, o santuário mariano mais freqüentado da França e um dos mais visitados do mundo.

Milhões de fiéis vindos de todos os continentes ali afluem todos os anos.

E com freqüência, no universo católico, encontram-se capelas ou grutas consagradas a Nossa Senhora de Lourdes.

Um conhecido escritor observou que, mesmo nestes anos de crise que vêm abalando a Igreja, em Lourdes “foram conservadas, de maneira ininterrupta, práticas religiosas desaparecidas em numerosas paróquias, ou até em dioceses: a recitação do terço, as procissões, a adoração e procissão do Santíssimo Sacramento”.

Em Lourdes, a Virgem Imaculada que esmaga perpetuamente a cabeça da serpente infernal está continuamente nos acenando para a vitória sobre o orgulho revolucionário. Promessa de vitória que Ela mesma veio renovar em Fátima, anunciando o triunfo do seu Imaculado Coração.